segunda-feira, dezembro 17, 2007

Quando a esmola é demais...

Esse final de semana foi agitado, tenho bastante pra contar, mas vou começar com o final de domingo (pq é o que está mais fresquinho na memória, rs).

Não sei se todos conhecem, mas em Curitiba, o HSBC, tem um prédio no centro da cidade que se chama “Palácio Avenida” e todo o natal eles decoram o prédio e apresentam um coral de crianças carentes que são assistidas durante o ano por essa instituição.


Pois bem, meu irmão é professor de educação física e já faz alguns anos presta serviços para o banco, nesse seguimento das crianças e coral. Neste ano ele foi um dos “anjos” (contra-regra) das crianças do coral, ele fornecia os adereços de cada número, bem como ficava responsável por essa criança da janelinha... Tudo isso é apenas para ilustrar como tudo aconteceu... No domingo minha mãe vai lá em casa e avisa que o meu irmão conseguiu um camarote para assistirmos o espetáculo de um hotel em frente ao palácio... Uma ótima oportunidade para assistir já que todas as apresentações lotam e com criança e mulher grávida não é a melhor opção de passeio.

Saímos atrasados de casa, o trânsito estava complicado, não tinha estacionamento vazio, achamos um e corremos pro hotel. Agora quem disse que conseguimos chegar no hotel? A rua estava lotada, era impossível passar, no meio da multidão minha mãe e meu pai com a Isadora sumiram e eu e o Orlei tentávamos andar menos de 25m para chegar. Por alguns instantes achei que não conseguiria, mas depois fui dizendo pro pessoal espremer só um pouquinho, pq eu estava grávida e precisa ir trabalhar naquele hotel, que a essa altura parecia a 1km de distância.

Meu irmão avisou que quando chegássemos a portaria do hotel, haveria uma lista e eles indicariam qual era o local, mas como chegamos atrasados, nos mandaram subir e nos colocaram na primeira sala que estava aberta... Minha mãe, pai e Isadora já estavam nesse camarote tbm... e ali ficamos. Estranhei que serviam água, refrigerante, comida e até champanhe...

Pra resumir o causo, assistimos tudo, tomamos champanhe e refrigerante, tiramos fotos naquele camarote, quando uma mulher que me abordou no meio da apresentação para saber meu nome, disse que aquele camarote era exclusivo para o phone center, e não tínhamos o direito de estar ali e nem de participar do coquetel (gente nos colocaram na sala errada!!!) e por consideração a nós ela não pediu que nos retirássemos... Nossa, depois daquilo minha cara foi ao chão, a culpa não era nossa, foi desorganização deles e ainda por cima vem essa mulher e diz que só estávamos ali pq ela permitiu... que horror, rs.

O meu pai e a mãe acharam tudo muito engraçado e que inclusive tivemos sorte de ficar naquele camarote, tomar o champanhe e ganhar uma foto de grátis, rs. O Orlei achou que como cliente há mais de 8 anos do banco, com investimentos, cartões de crédito e tudo mais, foi o mínimo que o banco poderia nos oferecer, rs. Sabe, aquela história de quando a esmola é demais o santo desconfia?! Foi isso que aconteceu conosco ontem a noite... rs. Confiram a fotos...

4 comentários:

camila e helena disse...

hahahahahaha, serio, guria???? que legal, olharam todo o espetaculo, que deve ser lindo demaissss, ficaram num camarote legal e ainda tomaram champagne???? mto bom!!!!
desejo uma otima semana pra vocês flores!!! E a Isa, o que vai querer do Papai Noel???
bjos

Roberta disse...

Oi, Rafaaa!!!
Tô sumida mesmo! Passo voando pelos blogs, mas meio sem tempo pra eleborar os textos pra colocar no meu blog. Ando com dificuldade de concentraçaõ.. será a idade?? srsrsrs
Pior q ia roubar um tempinho aqui da minha tarde do trabalho pra falar do show... mas me convocaram pra uma reunião!!! :(
Bjks

Roberta disse...

AHHH... lidnas as fotos. Sempre tive vontade de ir ver pessoalmente... quem sabe um dia!?!

Naty e Mady disse...

Lindaaaaaaaaaaaaas fotos, vcs tb estao lindos!! Amei tudo ainda bem q deu pra aproveitar, amiga!!!hehe
Boa semana fiquem com Deus e beijuuuuuuuuus