segunda-feira, junho 04, 2007

Premonições

Esse final de semana fui ao cinema para assistir o novo filme da Sandra Bullock, Premonições. Não se assuste com o nome, o filme não tem nada de terror e nem de longe lembra o filme "premonições". Quando li sobre o filme, achei que seria mais um suspense, porém ao assistir, vi que o filme é mais um drama com um pouco de suspense.

O início é bem devagar, estava na sessão de 0h e quase dormi nos primeiros 15 min, porém aos poucos o clima de suspense começa a crescer e é impossível fechar os olhos pra uma sonequinha, tudo que acontece é tão confuso para a personagem quanto para o público e isso faz com que vc fique totalmente ligada nos acontecimentos.

Sandra Bullock é Linda, uma mulher que pensava ter uma vida perfeita, mas que é destruída quando recebe a notícia que seu marido morreu num acidente de carro. Ela se prepara para dar a notícia às duas filhas pequenas, que estão na escola. Buscando conforto, liga para a mãe e para a melhor amiga e depois acaba adormecendo. Quando acorda, no dia seguinte, tem a surpresa de achar o marido Jim tomando café e vendo televisão. Ela fica com a sensação de que aquilo tudo era apenas um sonho.

Porém, num "outro dia" acorda e descobre que o marido está realmente morto, ao encontrar diversas pessoas em sua casa lhe dando condolências. Linda percebe que o tempo está lhe pregando uma peça: a semana da morte do marido passa com os dias fora de ordem. Se, por um lado, ela pode estar enlouquecendo, por outro, existe a possibilidade de salvar a vida de Jim. Isso se ela realmente quiser, pois o casamento deles não era tão perfeito quanto parecia. Ele pode ter um caso extraconjugal com uma colega de trabalho e também estar querendo dar um golpe no seu seguro. Essa confusão a faz repensar sobre sua vida e pelo que ela realmente deve lutar e acreditar.
.
O filme é muito bacana e proporciona um momento de reflexão sobre o que acreditamos, pelo que estamos lutando e o que estamos fazendo para conservar aquilo que é mais importante em nossa vida. Vale ressaltar que mesmo sendo um filme hollywoodiano ele não segue os padrões de um final feliz e perfeito.

Achei meio parecido com outro filme da Sandra, A casa do lago.

Um comentário:

Renata disse...

Interessante! Pena que aqui onde moro não tem cinema...
Beijos e boa semana!!